18.3.08

Relembrando a infância

Voltemos a falar de coisas boas.

Não quero aqui transparecer que estou conformado com os últimos acontecimentos. Só acho que não devemos viver cada minuto lastimando-nos por nossas más escolhas. Não nos esqueçamos dos larápios, mas não dediquemos todo nosso tempo a eles.

Falemos então da nostaugia de dias que já não voltam mais.

De minha infância e início da adolescência tenho ótimas lembranças do futebol do final de tarde e dos grandes clássicos da cidade. Que tempos! Confronto entre CSA e Nacional eram sempre marcantes. Outros times também demonstravam sua força na região, o Araióses cujo comandante era o professor Josemar, e o Barreiras eram também grandes times. Aliás, meu pai jogava no time de Barreiras bem antes de eu nascer. Os mais velhos podem talvez lembrar do José Antônio, conhecido por Cabeleira, que aliás não vejo há 20 anos, mas essa já é outra história.

Domingo no final de tarde víamos a multidão a caminho dos campos da cidade: o campo do Maranhão onde jogava o Nacional; o campo do Botafogo, onde jogava o CSA; o campo do Nonato Ramos, onde jogava o Araióses e muitos outros. Depois veio e Estádio Cardosão, em homenagem ao grande prefeito conhecido nacionalmente por causa da operação rapina, o Sr. José Cardoso do Nascimento.

Saí de lá cedo, ainda tinha 15 anos e não pude atuar em nenhum desses times. Mas joguei no torneio da Lisa, às margens do Rio Santa Rosa perto da praça do centro de Araióses, organizado pelo Dedê. Garotos até 16 anos buscavam despontar neste torneio e talvez aparecer para os times adultos. Sem salário, sem infra-estrutura, só vontade de jogar e ser conhecido como jogador desse ou daquele time. Esse era nosso sonho.

Hoje existem muitos outros times. Não sei o nome da maioria, na verdade nem sei se ainda existem os times citados acima.

Para aqueles que também sentem saudades deste tipo de futebol segue um vídeo que fiz em 2005. Um jogo entre o time do Birajara, de Conceição, e o time do Jonas, de Barreiras. Os dois times vestiam azul, mas dava pra distinguir por uma faixa amarela no uniforme do time de Conceição. O jogo foi disputado no campo do Alto São Manoel. Matem a saudade.

6 comentários:

alguempracasar24 disse...

nossa....meu amigo é de arrepiar. morei em barreiras até os meus 15 anos, depois vim pra sampa, estudar e crescer profissionalmente. meu pai jogou muitooo no Barreiras, o conhecido Muma, filho do seu Juca e da Dona Júlia, de Barreiras. Eu, estudei no Ateneu São José ate 1995, nossa qdo lembro chego a lacrimejar. Pela a cidade não dá infra estrutura, para a população de lá crescer. Abraços. Clayton. Obrigado por me fazer recordar!! coordenador2007@gmail.com

francielly disse...

ponhe mas fotos dessa cidade maravilhosa tem gente em fortaleza-ceara com saudades

Anônimo disse...

Gostei do seu blog, nasci em Araioses e a muito tempo moro em São Luis, mais me fala ainda existe este campo do alto, ou já foi transformado em construções?
Um abraço de uma Araiosense que se transformou em Ludovicense....

teresa disse...

MEU NOME É TERESA ADÃO, SOU DE BELÉM DO PARÁ. QUERO PRIMEIRAMENTE PARABENIZAR A TODOS OS ARAIOSENSES PELA BELEZA DE SUA CIDADE E DESEJAR-LHES MUITA PAZ, AMOR E PROSPERIDADES.TENHO UMA CUNHADA DE NOME DORIANE DE SOUZA CRUZ, CASADA COM MEU IRMÃO JOÃO DE SOUZA ADÃO E GOSTARIA DE SABER NOTÍCIAS DE SEUS FAMILIARES QUE MORAM NESSA CIDADEDE NOMES FRANCISCO DE OLIVEIRA CRUZ(PAI),MARIA EDNA GOMES DE SOUZA (MÃE) FRANCISCA DE SOUZA CRUZ (FILHA) LETÍCIA DE SOUZA CRUZ (IRMÃ).CASO ALGUÉM OS CONHEÇAM PODEM LIGAR A COBRAR PARA O FONE: 041(91) 82089738 E FALAR COM TERESA. FICAREI MUITA GRATA SE ALGUÉM DESSA CIDADE SE INTERESSAR EM RESPONDER-ME. EMAIL; teresadao@r7.com.br

greici disse...

oi mario lucio eu lembro de vc nao estudamos juntos mais vc era da turma do gremio ou so andava com eles em 1989 pq eu entrei no ateneu neste ano e hj meu filho estuda lae sempre falo das boas lembranças do trabalho do gremio antes principalmente naquela epoca era tudo muito bonito tinha seçao nas datas importantes hj acho que mudou e nao foi pra melhor meu nome é greicimar e posso dizer q amo meu araioses e meu ateneu

Anônimo disse...

Hoje me peguei um pouco nostalgica,relembrando os bons tempos de amizades e o convivio das pessoas que perdi o contato, inclusive vc ml.nossas vidas tomaram novos rumos,novos amigos ,novos amores ,enfim....vivemos bons momentos que guardo com carinho em um espaço reservado no cantinho do meu coração.bjs!saudades...

Você é nosso visitante n.º